Carta aberta ou direito de resposta



O fato é que certas personalidades carregadas de prepotência e arrogância me causam certa repulsa. Não pude deixar de sentir isso quando li uma publicação denominada "Autofagia Blogueira".
É certo que jornalistas e blogueiros procuram lugar num mesmo espaço, o cibernético, a maioria deles convivem muito bem, cada um representa seu papel, expõe seus talentos e se destaca - por mérito próprio - de acordo com a competência. Mas uns e outros se incomodam com a vocação/talento alheio a ponto de destilar veneninho e falar sobre coisas que não entendem. Isso pra mim explica muita coisa: Medo de perder seu lugar ao Sol, muitas vezes já conquistado. Por que? Eis a questão! 
Ir ou não à festas é um detalhe, existe um culto às celebridades hoje em dia que não deveria existir sendo essas blogueiras ou não, fato! Mas isso é tão pequeno que chega a ser inútil.  Essa não é a questão. A questão é que não é um simples fato ser um blogueiro de destaque, tendo em vista o número de blogs de qualidade hoje existentes, assim como não é simples ser um jornalista de destaque. É preciso trabalho árduo, talento e vontade, nos dois casos, justamente para encarar tal mercado - principalmente ao se tratar de blogs comerciais. Criar um blog é muito fácil, mas mantê-lo é bem diferente.
Os blogueiros assim como os jornalistas não sobrevivem de VENTO, são seres humanos e necessitam de proteínas, carboidratos, h2o... para sobrevivência, esses encontrados em alimentos, que por sua vez custam dinheiro. Observando tais aspectos, podemos concluir que assim como os jornalistas muitos blogueiros encaram sua atividade como profissão, ou seja trabalho remunerado - no caso dos blogueiros isso inclui propaganda, vendas de produtos, publicidade etc. Outros fazem por prazer sem remuneração alguma, mas tem de ter outra atividade para sua subsistência. Para o "blogueiro" inserido no mercado de trabalho não é relevante gostar ou não de forma pessoal dos produtos comercializados/divulgados, é questão de profissionalismo, apesar dos blogs terem alto teor pessoal existe um outro lado que deve ser considerado e respeitado. 
As marcas usam os blogueiros, certo? Os blogueiros por sua vez exploram o mercado! Bem-vindo ao capitalismo ou a autofagia da sociedade, essa existente em todos os ambitos darling! é assim que é! O empreendedor dá movimento ao mundo capitalista! Espero que os leitores tenham personalidade e inteligência suficiente para decidir se querem ou não o produto, se precisam ou não, se tem 'a ver' com sua personalidade ou não. Isso é pessoal.  Não estou incentivando a falta de critérios, afinal cada um tem o seu, é por isso que existem blogueiros/blogs bons e ruins. Jornalistas/revistas/jornais bons e ruins. Presença e Falta de conteúdo. Cada um traça e interpreta o papel escolhido, seus propósitos, objetivos etc. 
Mas fazendo uma analogia ao termo utilizado entendo que a autofagia é extremamente necessária ao sistema, tanto do organismo vivo, tanto do conjunto - sociedade, pois é ela que mantém o organismo vivo ao alimentar-se de seus fragmentos. Não fui eu que inventei o capitalismo, muito menos aprovo, mas estamos inseridos e temos que nos adaptar. A analise deve ser profunda e não superficial. Então o termo só traduz o papel que todos nós temos na sociedade, independente da profissão, ou seja um mal necessário.
Bom, acho que são obviedades, a verdadeira questão é a conquista de espaço, tendo em vista o desenvolvimento das blogueiras(os), em quantidades, influência, e visão de futuro. Talvez por isso a polêmica, procurando holofotes que caracterizam certa insegurança, na minha humilde análise Freudiana. 
Minhas últimas palavras? Se não entende e não domina um assunto qualquer, não fale, ok.



7 comentários:

Andy Santana disse...

O pior não é o veneninho... é qdo roubam oq vc escreveu e postam como seu... isso é o fim!

Baby Billy disse...

é o fim mesmo! mesmo com créditos ainda é meio chato imagine sem.

Aline Aimée disse...

Olá, moça!
Lindo seu blog!
Obrigada pela visita!
Falou com mt propriedade no seu texto. Concordo com o que disse e a Pacce só falou merda,né?
hahahha
Como se as revistas não fizessem editoriais comprados! Faz-me rir!
Pelo menos a internet é democrática e podemos filtrar nossas leituras.

Beijo, querida!

Mariana Lourenço disse...

Arrasou no post, essa discussão entre jornalistas e blogueiros é tão desnecessáira e já me irritou, não sei pq tme tanto jornalista impliando com isso, a internet é sem limites, cabe todo mundo!

Kaah Araújo disse...

Nossa, concordo super... Pessoas sem criatividade nenhuma que roubam suas ideias e falam de assuntos sem ter a mínima noção!
O mundo precisa de mais pessoas honestas e inteligentes!

Bjs,
http://fashionismoecia.blogspot.com

F. Pian! disse...

Olha vou ser bem sincera...
Para mim é uma falta de ter o que fazer falar da vida e dos blogs dos outros...
Gente vamos crescer... fazer o melhor que podemos... cada um no seu quadrado né... se existe blogs (como ela disse) que se vende dessa maneira por presentes, então ela que não deixe seu filho entrar nesse mundo... (mas pelo jeito ele já tem 2 blogs, né?!), enfim, da mesma maneira que ela é "jornalista" e tem o seu espaço, nós e outros de nós somos "blogueira" e também temos nosso espaço, acho que ela não precisa se preeocupar, pois me parece realmente que isso a ameaça e como disse minha queridíssima mary jane
"a internet é sem limites, cabe todo mundo!"

Beijos, amei o post... não tinha visto essa matéria da Lilian, e é ótimo poder vê-la aqui e assim poder dá a nossa opinião...

fabianapian.blogspot.com

Camila Bimkowski disse...

Isso é dor de cotovelo, ela está é com medo de perder o mercado para os blogs. Concorco que ha muitos blogs que falam merda, mas é só ligar a televisão para ver isso. Depois que vi no gnt a Astrid comentando no casamento real que foi a Kate que invento o fascinator não duvido mais de nda.
Os leitores tem qeu ter o bom senso de saber se oque está no computador é válido ou não

 
Modernne © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects
Twitter Feed Facebook