Bettie Page

uma das minhas Pin ups preferidas (L). 
Bettie naceu em 1923 e morreu em 2008 deixando grande saudade a todos que a admiravam. Foi e continua sendo uma inspiração para muitas pessoas - principalmente para as que admiram o Mundo Pin up.
Não é atoa que a Diva é chamada de Rainha das Pin ups, sensual e doce, sua marca registrada era o cabelo, sem dúvida, acompanhado de uma franjinha tão sua que influenciou muita gente.

Os pais de Page passaram por problemas financeiros em 1929 (Queda da Bolsa)  levando ao divorcio em 1932. Seu pai, Walter Roy Page, passava por problemas de alcolismo e sua mãe, Edna Pirtle, trabalhava para manter a família. Nessa situação Bettie e suas duas irmãs foram enviadas para um orfanato por um ano. Alguns anos depois com a família já recuperada Walter volta e violenta a própria filha, agora com 15 anos.
Logo cedo a menina Bettie aprendeu a ter responsabilidades e a tomar decisões. Mantinha seu tempo costurando, era uma estudante excepcional e sempre mostrou interesse pelo cinema. Formou-se bacharel em Artes no Peabody College e coordenou o grupo de arte dramática em 43. Nesse mesmo ano casa-se com Billy Neal, seu namorado, e mudam-se para São Francisco onde obteve seu primeiro trabalho como modelo largando sua breve carreira de secretária. Costumava viajar muito com seu marido, principalmente para o Taiti, revelando uma beleza exótica para a época que foi muito explorada por Bettie, assim como Luz Del Fuego - Mulheres bronzeadas. Bettie teve muita influencia nesse aspecto e inclusive na moda criando maiôs, bikinis e a sua clássica tanga de oncinha.

Após 5 anos de casamento vem o divorcio e a sua volta para NY. Em 1950 conhece o policial Jerry Tibbs, fotógrafo amador, que cria a Pin up Bettie Page. Certa vez Jerry disse a Bettie que sua testa era larga demais então a Diva eterniza sua franja convexa. Mas apenas os fotógrafos Irving Klaw e Bunny Yeager imortalizaram Page. Klaw impôs o pagamento de suas fotos apenas mediante poses com bondage. O então presidente do Senado Carey Estes Kefauver contrário as fotografias com apologia ao Sadomasoquismo requisitou a modelo a depor gerando muita polêmica entorno da sua carreira. Porém o trabalho abriu vários caminhos para a modelo, por exemplo a Playboy, foi uma das primeiras Playmates do mês da Playboy em 1955. No mesmo ano recebe de Hugh Hefner o titulo de "A Miss Pin Up Girl do mundo". A única a ter tal título. Foi capa de várias publicações populares da época como Eyeful, Beauty Parade ou Wink. Além disso Bettie se tornou um ícone do Sadomasoquismo e para alguns o ícone da imoralidade.
Mais tarde casa-se com Armand Walterson e em 1958 desaparece da vida pública sem razão definida. Soube-se que após o seu último casamento tornou-se religiosa, o que poderia ter influenciado o abandono da carreira. Divorcia-se em 62 porém desde os 90s Bettie não deixou mais que a fotografassem. 


"A magnífica Bettie Page não trás nenhum perigo no seu erotismo. Ele é simplesmente doce, e ligeiramente engraçado. Os momentos negros de sua vida, como o abuso que sofreu na adolescência por um grupo de jovens e pelo pai é esquecido eternamente na busca pela felicidade, liderança e carisma."


Suavemente bronzeada, profundos olhos azuis e cabelos pretos como carvão foram a inspiração suficiente para estimular a imaginação, até mesmo os fotógrafos menos experientes. 
Com segredos tão escuros quanto à meia-noite e um sorriso brilhante como o dia, Page era muito mais do que um modelo pin up, ela era simplesmente a melhor. Uma lenda eternizada, cada faceta da vida de Bettie capta a personalidade do interesse e devoção dos milhares de fãs que acompanharam sua trajetória até o dia do seu desaparecimento misterioso. Doce e impertinente, tímida e ousada, simples e exótica, brilhou como nunca antes visto na indústria da moda. 


Bettie foi considerada a Pin up mais famosa da história, além de ousada e provocativa foi uma lenda, um enigma até mesmo para ela. É também um fenômeno do underground, uma enigmática bad girl next door. 
Pioneira da revolução sexual nos anos 60, suas fotografias sensuais viraram pôsters espalhados por todo os Estados Unidos. A Bettiemania ainda vem crescendo de forma absurda.


"Você poderia esperar duas coisas quando se fala da rainha do PIN-UP dos anos 50 nos EUA: Em primeiro, uma linda jovem com um tolo e doce olhar usando os mesmo trajes de Adão e Eva ou em segundo lugar, um triste olhar cheio de lágrimas de uma mulher machucada no passado escondido atrás do sorriso e das câmeras fotográficas."


The Notorious Bettie Page (2005), filme sobre sua vida.

Sobre o filme: "Nudez, fetiches e moralismo misturam em Bettie Page, sobre uma das mais sensuais e conhecidas pin up de todos os tempos. Dirigido por de Mary Harron, a modero encantou os americanos dos anos 50 é vivida por Gretchen Mol, em um filme que revela as estreitas relações entre pornografia e repressão sexual.
Bettie é uma garota bonita, criada tradicionalmente em uma familia religiosa do Sul dos EUA. Depois de passar por um casamento fracassado entre outras experiências traumáticas, ela se muda para NY. É que lá que um fotógrafo amador faz suas primeiras fotos, dando ínicio a uma vertiginosa carreira de modelo. A beleza a sensualidade da moça a transformam em uma das mais famosas pin ups de todos os tempos. A carreira, no entanto, é interrompida quando um senador americano dá ínicio a uma dura perseguição a pornografia, transformando Bettie no símbolo da imoralidade. 
Além de contar a história de uma das mais famosas modelos de revistas masculinas da década de 50, Bettie retrata a sociedade americana do período e discute questões que cercaram a vida da personagem, em especial, como o sexo era visto dentro de uma sociedade moralista.
A diretora Mary Harron, de Psicopata Americana, opta por diferenciar os dois momentos da carreira de Bettie Page ( Em NY com a dupla Irving e Paula Klaw, azendo fotos e curtas em estúdio para clientes exclusivos; e em Miami posando ao ar livre para a ex-modelo Bunny Yeager, trabalhos que ficaram mais conhecidos na época) através da oposição entre cenas preto e brancas e cenas super coloridas."



Aos 85 anos em 11 de dezembro de 2008, de pneumonia, uma semana após sofrer um ataque cardíaco do qual não recobrara a consciência entrando em coma, morre a Diva Bettie Page.

Mais fotos da Diva:
















SeeYaRockers!
xxx

6 comentários:

Aline Aimée disse...

Betty é dica eterna!
Vou procurar esse filme sobre ela!

;)

Beijo!

Liss | Coisitas de Luxo disse...

Adorei! Fotos incríveis! Pena que as Pin Ups forão tão vulgarizadas... Hj é mais pop, mas a personalidade Pin Up raramente se conhece, ou se tem!!

Detalhe: Vc tem alma de pin up, certeza!! =)

Beijos,

Liss
http://www.coisitasdeluxo.com.br/

Rafaela disse...

Bettie concerteza diva de muitas!

Amei a dica sobre o filme não sabia :)

Beijos ;*
Rafa

a3clube.wordpress.com
www.alameda3.com.br

Thaís Araújo disse...

Como ela é fofa e linda!
Parece mesmo uma bonequinha!

Beijos.

www.consumisse.blogspot.com

Anônimo disse...

Bom post sobre Blogger: ...We Can Do It, baby... - Postar um comentario. Estou muito impressionado com o tempo eo esforço que você pôs em escrever esta história . Vou dar- lhe um link no meu blog de ​​mídia social. Tudo de bom!

Anônimo disse...

Estou impressionado de ler uma história tão poderosa sobre Blogger: ...We Can Do It, baby... - Postar um comentario. Vou postar um link no meu site cupom para este blog . Eu estarei de volta para ler mais.

 
Modernne © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects
Twitter Feed Facebook