Ombré Hair

O ombré hair está super in e todo mundo quer fazer! porém percebi que muita gente ainda não conhece, não sabe o que é e nem nunca ouviu falar!!!! Então resolvi fazer este post, um utilitário, para explicar o que é e como fazer (claro, no cabeleireiro, esperamos que o seu saiba o que é, rs).
Muita gente me pergunta se eu utilizei a técnica no meu cabelo, mas eu não usei e consegui um efeito parecido, vou contar pra vocês como foi, colocar fotinhos, tudo como manda o figurino para inspirá-los e ajuda-los a escolher o novo cabelinho!


meu cabelo, quase um ombré hair
O ombré hair deriva do francês e significa sombreado, preservando a cor original dos pios na base e na raiz, tem um degradê sutil a partir do meio comprimento e traz luminosidade ao rosto, a técnica consiste em uma raiz ampla e na idéia de que fique tudo muito natural.
O ombré hair foi tendência no verão aqui e lá fora, o movimento foi de lá pra cá, começou com a Drew Barrymore, quando bati o olho nela com esse cabelo pensei: Quero um desse pra chamar de meu!, depois apareceram: a queridissima Alexa Chung, Jessica Biel, Vanessa Paradis (diva da Chanel) e Julia Roberts, precisa de mais?

observem os vários modelos do mesmo estilo. Na foto: Drew, Jéssica e Alexa via web
Versão brasileira: A tendência veio de fora, mas o visual é prefeito para as brasileiras, da aquela impressão de: acabei de chegar da praia, hi bitch! sem falar que é muito natural, jovem, moderno e total verão, a cara do BRASIL! mas claro, dá pra usar em qualquer estação.
Mas uma das maiores vantagens que eu vejo, pra você que como eu gosta do blondie e de cabelos riot - nada daquela coisa certinha e engomada, é a praticidade e a economia - a mulher não fica escrava da raiz e o intervalo entre as colorações pode ser de até quatro meses! Melhor parte né meninas?
Bom, entre as brasileiras que aderiram estão: Carolina Dieckman, Fernanda Lima e Leandra Leal.

Tecnicamente Falando: Invisible highlights ou ombré hair não tem nada a ver com mechas californianas (pontas com mechas grossas de tom claro), as mechas invertidas e o sun kiss (um clareamento não muito claro e sem variação de tonalidade). A grande diferença do ombré é o degradê sombreado, bem sutil. “A graduação dos tons é tudo. Normalmente são três ou quatro nuances, misturadas em mechas. Nos cabelos loiros é possível trabalhar com quatro tons e chegar ao claríssimo nas pontas”, explica especialista “O segredo é ter nuance, que é a alma da técnica”, diz ela.
O ponto ideal do comprimento do fio para começar o degradê divide opiniões, uns dizem que o ideal é começar a partir do lóbulo da orelha para baixo, para outros o degradê pode começar um pouco mais acima sem comprometer o resultado e trazendo mais luminosidade ao rosto.

Quem pode fazer: Independente da cor original do fio você pode fazer e funciona para todo mundo. O que sugiro é ter estilo e saber usar make, produção, corte hidratação ao seu favor, assim nunca parecerá só um cabelo mal pintado.
Nos fios claros dá para trabalhar melhor a nuance com tons de dourado, mel, loiro claro, médio e claríssimo, mas nada impede que os castanhos escuros e pretos sejam levemente ‘queimados’ só para ter luminosidade, basta fazer um degradê suave. 
Para aquelas que não querem o blondie e querem manter os fios escuros é só fazer o degradê clareando levemente em tons mais escuros, o efeito é o mesmo só muda a cor.
Dá para fazer nos ondulados e crespos por serem irregulares. Os lisos só precisam ser repicados para dar mais movimento à coloração nas pontas. Os longos são perfeitos, mas a partir do tamanho chanel médio, como o da Alexa Chung, e já é possível trabalhar a raiz larga e o degradê e ficar bem bonito. Essa técnica só tem uma contra-indicação: o ressecamento excessivo. (Disso nós sabemos né, aplicar qualquer tintura em cabelos danificados é o fim!) O preço varia de 100 a 300 reais.

Minha experiência: Eu comecei na minha saga do blondie com as mechas californianas até migrar para o loirão total tingindo a raiz. O meu diferencial é que além de tingir a raiz eu fazia mechas em várias tonalidades de loiro e aí foi formando-se um degradê no meu cabelo, só que o danado era tingido por inteiro. Com o tempo meu cabelo foi ficando danificado (não DIGA) com as constantes colorações, até ficar muito danificado e as hidratações não fazerem mais efeito. Foi aí que eu decidi parar de pintar a raíz, só que o cabelo cresce né, ainda bem!, e cresceu e a raiz preta deu o ar da graça. O que fazer? Tive a magnífica idéia de fazer mechas da tonalidade natural do cabelo pra parecer que eu tinha feito apenas mechas loiras e atenuar um pouco a raiz, o resultado foi maravilhoso e eu fiquei feliz da vida porque não ia mais ter que pintar a toda hora o cabelo, a raíz, gastar dinheiro e ter um bucha de cabelo. Foi aí que ele foi crescendo...e dando essa idéia de degradê e sombreamento natural. Depois disso fiz uma boa hidratação que super indico: Restauração (Vá no cabeleireiro que ele sabe do que se trata) e repiquei ele todinho, tirando o excesso do loirão. Quando me perguntam se eu utilizei a técnica do ombré hair eu brinco e falo que não, que o meu ficou assim naturalmente já seguindo a tendência, meu cabelo é in, meninas... No futuro pretendo apenas retocar o 'ombré hair' nunca feito, invés de fazer no cabelo todo castanho, colorindo um pouco mais acima para manter o efeito. Pra quem quiser fazer eu indico, é o cabelo que quero ter no momento. 

Espero que tenha ajudado a tirar muitas dúvidas e inspirar muita gente.




SeYaRockers!
xxx
@BabyaliciousSe

5 comentários:

Isabela Lennon disse...

Curto cabelo assim, mas não tenho coragem de usar =(

F. Pian! disse...

Acho lindo ficou ótimo em você.

Beijos


fabianapian.blogspot.com

Monike disse...

fofs

http://cha-com-cupcakes.blogspot.com

bjs

MadeinMari disse...

Quando escovar fica divido! io Ombré é muito Sexy.

Alee - coletandodias.blogspot.com disse...

fiz no meu e odiei. aí mudei o foco. Cortei curto e pintei de preto petroleo. Tô parecendo um playmobil.

 
Modernne © 2012 | Designed by Rumah Dijual, in collaboration with Buy Dofollow Links! =) , Lastminutes and Ambien Side Effects
Twitter Feed Facebook